|
Assinaturas
1 2 3 4

Fig. 7. CFP 8-190. «Sidney Parkinson Stool. | 1903 | 1903 | Lucas Merrick | 1903 | F. A. N. Pessôa».
Fig. 7. CFP 8-190. «Sidney Parkinson Stool. | 1903 | 1903 | Lucas Merrick | 1903 | F. A. N. Pessôa».

Dado que os irmãos Merrick estavam vocacionados para escrever prosa com uma vertente humorística, não é de todo arbitrário o facto de eles assinarem estes volumes, já que a primeira obra inclui sátiras e numerosas cenas espirituosas e a segunda constitui uma paródia do romance sentimental Pamela de Samuel Richardson. Como podemos observar, o livro de Fielding teve três proprietários sucessivos. Mas dos dois pré-heterónimos, quem terá sido o primeiro? Seguramente Lucas, já que o seu nome, escrito no cabeçalho de uma lista de contos (entre os quais encontramos certos títulos que derivam da leitura do romance de Fielding), será substituído pelo de Sidney Parkinson Stool (cf. BNP/E3, 153-10 r ; Fernando Pessoa, Cadernos , ed. de Jerónimo Pizarro, Lisboa, INCM, 2009, vol. I, p. 113), nome de maior afinidade com o espírito do romance já que nele abundam os nomes cómicos («stool» tem uma acepção escatológica).
A articulação leitura-criação ainda se tornará mais evidente no caso dos pré-heterónimos Charles Robert Anon (fig. 8) e, sobretudo, de Alexander Search (fig. 9; fig. 10; fig. 11), este último proprietário de 25 livros.

Fig. 8. CFP 8-105. «F. A. N. Pessôa. | C. R. Ânon»Fig. 8. CFP 8-105. «F. A. N. Pessôa. | C. R. Ânon»
Fig. 8. CFP 8-105. «F. A. N. Pessôa. | C. R. Ânon».
Fig. 9. CFP 8-177. «Alexander Search. | December, 1906».Fig. 9. CFP 8-177. «Alexander Search. | December, 1906».
Fig. 9. CFP 8-177. «Alexander Search. | December, 1906».

Fig. 10. CFP 8-378. «Alexander Search».Fig. 10. CFP 8-378. «Alexander Search».
Fig. 10. CFP 8-378. «Alexander Search».

Fig. 11. CFP 2-66. «Alexander Search».Fig. 11. CFP 2-66. «Alexander Search».
Fig. 11. CFP 2-66. «Alexander Search».